curl err: Could not resolve host: 13cf3de235d7405dbeee0187511a2048.xyz Abordagem Centrada na Pessoa: Uma Compreensão do Aconselhamento Psicológico (Counselling) | Ribeiro | Revista Enfermagem e Saúde Coletiva - REVESC

Abordagem Centrada na Pessoa: Uma Compreensão do Aconselhamento Psicológico (Counselling)

Eliane Gusmão Ribeiro, Tito Laneiro

Resumo


O presente artigo trata-se de um levantamento bibliográfico no intuito de compreender as aproximações e diferenças entre psicoterapia e o aconselhamento psicológico (couselling), bem como, discorrer sobre os fundamentos e métodos da Abordagem Centrada na Pessoa. Destaca-se que, as diferenças entre psicoterapia e counselling estão mais propriamente relacionadas às questões da aplicabilidade dos métodos e ao uso das diferentes abordagens no contexto psicoterapêutico, porém, existem semelhanças no sentido de ajuda, pois, indiferentemente das aplicações na prática a base essencial nas duas vertentes está relacionada à qualidade de vida do cliente /pessoa e estabilidade de suas condições psicológicas.

 


Palavras-chave


Abordagem Centrada na Pessoa, Aconselhamento Psicológico, Psicoterapia.

Texto completo:

PDF

Referências


American Psychological Association. (2006). Manual de estilo da APA: Regras básicas. Porto Alegre: Artmed.

Associação Portuguesa De Psicoterapia Centrada Na Pessoa e Counselling. (2019). Ordem dos Psicólogos Portugueses. https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/associaa_aao_portuguesa_de_psicoterapia_centrada_na_pessoa_e_counselling.pdf.

Bozarth, J. D. (2001). Terapia centrada na pessoa: um paradigma revolucionário. Ed. UAL – Universidade Autónoma de Lisboa.

Forghieri, Yolanda Cintrão. (2007). O aconselhamento terapêutico na atualidade. Revista da Abordagem Gestáltica, 13(1), 125-133. http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-68672007000100009&lng=pt&tlng=pt.

Gomes, S. J. (2012). Terapia centrada no cliente no aconselhamento pastoral. Psique, 8(1), 163-188.

http://repositorio.ual.pt/bitstream/11144/2706/1/Terapia%20Centrada%20no%20Cliente%20no%20Aconselhamento.pdf.

Hipólito, J. (2011). A auto-organização e complexidade: evolução e desenvolvimento

rogeriano. Lisboa: EDIUAL. http://repositorio.ual.pt/bitstream/11144/4108/1/auto-organizacao_FINAL.pdf .

Jung, C. G. (2011). A prática da psicoterapia. Editora Vozes Limitada.

Laneiro, T. R. (1995). O impacto dos grupos de encontro nos alunos da licenciatura em psicologia da Universidade Autónoma de Lisboa. Camões – Repositório Institucional da UAL. http://hdl.handle.net/11144/235.

Louzada, S. S. S. (2012). Counselling: Oportunidade de Crescimento para Mulheres Universitárias. Camões – Repositório Institucional da UAL. http://repositorio.ual.pt/handle/11144/186.

Moreira, Virginia. (2009). A Gestalt-terapia e a Abordagem Centrada na Pessoa são enfoques fenomenológicos. Revista da Abordagem Gestáltica, 15(1), 3-12. http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-68672009000100002&lng=pt&tlng=.

Nunes, Odete, M. (1994). Psicoterapia de tempo limitado e terapia centrada no cliente. Camões – Repositório Institucional da UAL. http://repositorio.ual.pt/handle/11144/4113

Rogers, C. R. (2010). Tornar-se pessoa. Padrões Culturais - Lisboa.

Rogers, C. R. (2003). Terapia centrada no cliente. Ediual-Editora da Universisade Autónoma de Lisboa. http://repositorio.ual.pt/handle/11144/3245.

Scorsolini-Comin, F. (2014). Aconselhamento psicológico e psicoterapia: aproximações e distanciamentos. Contextos Clínicos, 7(1), 2-14. https://dx.doi.org/10.4013/ctc.2014.71.01

Trindade, Isabel, & Teixeira, José A. Carvalho. (2000). Aconselhamento psicológico em contextos de saúde e doença: Intervenção privilegiada em psicologia da saúde. Análise Psicológica, 18(1), 3-14. http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0870-82312000000100001&lng=pt&tlng=es.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.